Suas Notícias
ÍNDICE


COLUNISTAS
Jussara Gottlieb
Social
Cândido Ocampo
Auditoria no novo Código
Kátia Alves
Pragas urbanas
Wilson Santos
Trânsito Brasil
Marcelinho
Blog do Marcelinho
Pedro Marinho
Blog do Pedro Marinho
Candido Ocampo
Publicada em 10/04/2014 às 14h31
É ético prometer a cura ? Cândido Ocampo
É verdade que as ciências médicas evoluíram em uma velocidade vertiginosa nas últimas décadas, principalmente em razão da biotecnologia que engendrou uma série de recursos capazes de possibilitar ao profissional a análise de regiões, órgãos e cavidades do corpo humano com precisão antes jamais imaginada. Também não é menos verídico que, apesar dos significativos avanços, a medicina não é infalível como, de resto, toda atividade humana. O esforço da comunidade científica no desenvolvimento das técnicas de reconstrução baseada nos estudos das células-tronco, apesar de monumental, com potencial extraordinário, não é capaz (e talvez jamais o será) de tirar a falibilidade da Medicina, como pensaram alguns, inclusive importantes sociedades médicas mundo afora, com a descoberta da penicilina pelo médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming, na primeira metade do século passado, ao declararem que ninguém morreria mais de infecção. Partindo dessa premissa naturalística, o Direito tratou de adequar suas normas à limitada realidade humana, considerando, salvo raras exceções, a atividade médica como uma obrigação de meio. Assim, quando o paciente contrata os serviços médicos não faz parte do objeto da avença a cura de sua doença, mas a conduta conscienciosa do profissional, baseada nas regras e técnicas consolidadas e reconhecidas pela comunidade científica. Apesar de o Código de Ética Médica (CEM) não dispor expressamente que o profissional não pode garantir a cura a seu paciente, vários de seus dispositivos, de forma obliqua, vedam essa conduta, proibindo, inclusive, que o mesmo condicione o valor dos honorários ao resultado do tratamento. (art. 62) Recepcionada pelo CEM, portanto, ainda em vigor, a Resolução nº 1.621/2001, do Conselho Federal de Medicina (CFM), em seu artigo 3º, determina que tanto na cirurgia plástica, como em qualquer especialidade médica, não se pode prometer resultados ou garantir o sucesso do tratamento, devendo o profissional informar ao paciente, de forma clara, os benefícios e riscos do procedimento. Não obstante a obviedade das assertivas acima expostas, ainda é possível encontrar incautos profissionais que, além de não esclarecer seus pacientes sobre os riscos do procedimento, ainda prometem a cura. Foi-se o tempo que do médico se exigia apenas a precisão técnica. O processo de humanização da medicina impôs ao profissional a adequação de sua conduta ao novo contexto jurídico-social. A ordem vigente exige que o facultativo esclareça o seu paciente de forma tal, que o torne capaz de exercer sua autonomia com plenitude, sem vícios de consciência. Salvo se for capaz de causar dano ao paciente, o esclarecimento há de ser fiel aos fatos e à realidade, sob pena de ofensa (também) ao princípio da boa-fé objetiva,um dos vetores jurídicos das relações contratuais. Prometer a cura ao paciente é ferir os mais comezinhos deveres deontológicos da medicina. Cândido Ocampo, advogado atuante no ramo do Direito Médico. candidoofernandes@bol.com.br
MAIS NOTÍCIAS
22/10/2014Consulta ou retorno ? Cândido Ocampo
12/08/2014Seguradoras e seus formulários -Cândido Ocampo
06/05/2014Ofensa escusável
10/04/2014É ético prometer a cura ? Cândido Ocampo
11/03/2014O Código de Ética Médica e o consentimento continuado
13/02/2014A consulta e as operadores de planos de saúde
14/08/2013Auditoria no novo Código
26/07/2013Desagravo profissional
05/07/2013Jornada e produção médicas
21/06/2013Alta hospitalar
22/04/2013Diagnóstico preditivo no novo Código
26/03/2013Escusa moral
11/03/2013Hospital: hipoteca social
02/03/2013Biogenética
04/02/2013Disponibilidade obstétrica
28/01/2013Cardiologia intervencionista
28/01/2013Testamento vital (II)
21/01/2013Testamento vital (I)
11/01/2013Formulário de seguradoras
11/01/2013Formulário de seguradoras
15/06/2012Diagnóstico de anencefalia
12/05/2012Receita médica legível
05/05/2012Cota racial: a oficialização do preconceito
20/04/2012Ancenfalia: venceu a razão
13/04/2012Prazo para consulta
08/03/2012Proteção da medicina (II)
02/03/2012 Proteção da medicina (I)
24/02/2012Legista no interior
24/02/2012Legista no interior
10/02/2012Porque o plantão de sobreaviso
03/02/2012Plantão
16/12/2011O assistente e o plantonista à distância
02/12/2011Relação médico-paciente
25/11/2011Abortamento de anencéfalo
18/11/2011Estagiário de Medicina
11/11/2011Formulário de seguro
21/10/2011Biogenética
08/10/2011Requisições de prontuário
22/09/2011Nomeação de perito
29/08/2011Contradição federal
09/08/2011Consulta médica
09/08/2011Consulta médica
09/08/2011Consulta médica
15/04/2011Medicina alternativa
08/04/2011Cardiologia intervencionista
01/04/2011Prescrição de órteses e próteses
25/03/2011Lentes de contato
18/03/2011Médico perito
12/03/2011Obrigação e resultado
08/03/2011Perda de uma chance
25/02/2011Atendimento pré-hospitalar
18/02/2011Transporte inter-hospitalar
11/02/2011Retorno de consulta
19/12/2010Infecção hospitalar
11/12/2010Consentimento continuado
03/12/2010Medicina preventiva
26/11/2010Erro profissional
19/11/2010Renúncia à assistência
16/11/2010Natureza obrigacional do anestesiologista
05/11/2010Autonomia do anestesiologista
29/10/2010Perda de uma chance
24/10/2010Interiorização da medicina
15/10/2010Honorários médicos
08/10/2010Diretoria técnica e clínica
24/09/2010Telemedicina
20/09/2010CRF realiza encontro de sucesso em Ariquemes
16/09/2010Desagravo público
11/09/2010Curso sobre prevenção às drogas será em outubro
10/09/2010Caução Hospitalar
03/09/2010Ato médico
28/08/2010Produção médica
16/08/2010Teoria do risco
06/08/2010Medicina preditiva
22/07/2010VEJA O QUE ACONTECE HOJE NAS NOVELAS
07/07/2010Formigas (I)
01/07/2010Espionagem usa técnica avançada para enviar mensagem
26/04/2010Fraco Ibope de Gugu causa crise na Record
05/04/2010Pronto socorro e Pronto Atendimento


WWW.SUASNOTICIAS.COM.BR
© 2010 - Todos os direitos reservados a SUASNOTICIAS