Suas Notícias
ÍNDICE


COLUNISTAS
Jussara Gottlieb
Social
Cândido Ocampo
Auditoria no novo Código
Kátia Alves
Pragas urbanas
Wilson Santos
Trânsito Brasil
Marcelinho
Blog do Marcelinho
Pedro Marinho
Blog do Pedro Marinho
Candido Ocampo
Publicada em 07/07/2010 às 08h52
Formigas (I)

         As formigas habitam o planeta Terra há mais de cem milhões de anos. Apesar de pequenas e da aparente simplicidade, elas têm uma complexa organização social com um sofisticado sistema de divisão de tarefas.
 
       Em termos de biomassa, as formigas são provavelmente, os maiores predadores que existem na terra, mais unidas em suas sociedades elas são os organismos dominantes desse planeta.
         Todas as formigas pertencem a uma só família (Formicidae). Das 16 subfamílias, sete ocorrem no Brasil, país onde se registrou maior número de espécies. Atualmente, cerca de 10 000 espécies são conhecidas.
         Na Floresta Amazônica 1 hectare de solo possui cerca de 10 milhões de formigas. Isso representa de 30 a 35% da biomassa animal presente nessa região. No mundo estima-se quase 10.000 espécies de formigas distribuídas em quase todos os ecossistemas. Para a natureza o papel desse inseto e de grande importância, na reciclagem de nutrientes orgânicos e aeração nas camadas superficiais do solo, algumas forma seus ninhos em cavidades de plantas, outras em galerias na madeira, folhas, mas a grande maioria constrói seus ninhos no chão. Os formigueiros feitos no chão podem ser pequenos e relativamente simples ou grandes e extremamente elaborados, com muitas galerias, túneis e labirintos. Seus ninhos podem chegar a mais de 5 m de profundidade. Todas vivem em colônias organizadas. Certas câmaras no subsolo podem servir como câmaras de criação, outras para armazenar alimento. A maioria das formigas desloca sua criação de uma parte do formigueiro para outra, quando as condições mudam (principalmente a temperatura).
        Após o acasalamento o macho morre e a rainha começa uma nova colônia. A rainha elimina as asas logo após o vôo nupcial, geralmente procura um lugar para nidificar, faz uma pequena escavação e produz sua primeira ninhada.
         Logo que estas crescem, tomam conta do trabalho da colônia e daí por diante a rainha reduz bastante suas atividades, praticamente limitando a botar ovos. Pode haver mais de uma rainha por colônia. Seus hábitos alimentares são bastante variados. Algumas são carnívoras (insetos), outras se alimentam de plantas, fungos, seiva ou néctar. As formigas podem se alimentar de excreção de outros indivíduos e a troca de comida entre indivíduos é comum (trofalaxia). Seu ciclo de vida é constituído por quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. A comunicação entre os indivíduos da mesma espécie é bem eficaz e se realiza através do tato ou de substancias químicas. Outras ainda utilizam mecanismos como a vibração e até a audição.
           As formigas vivem em todos os ambientes terrestres, exceto nos pólos. Existem formigas em ruas jardins, casas e até em hospitais, o que é perigoso, elas conseguem andar em lixo contaminado, passear em talheres e ir de um cômodo para outro sem problemas, sendo assim, podem espalhar bactérias e prejudicar o tratamento de doentes. 
            As formigas nunca dormem; pelo menos, nunca ninguém as viu fazerem isso. O que os biólogos descobriram é que as formigas sabem dividir o dia em horas de trabalho e de descanso. Alguns acham que elas não dormem porque têm uma vida curta e precisam trabalhar para manter o formigueiro. Algumas espécies, como as saúvas, vivem apenas três meses e começam a trabalhar assim que nascem.
           Elas também são surdas, quase não enxergam e se comunicam pelo cheiro. Quando uma formiga está em perigo, ela solta um odor para alertar as companheiras, transmitindo um aviso de que as demais devem fugir, o dor varia conforme a situação, algumas espécies mantêm associação de herbívoros, em troca de alimentos (em geral nécta), diversas espécies se alimenta de líquidos açucarados produzidos por pulgões, cochonilhas e outros insetos aparentados, há espécies de formigas que predam outros artrópodes. As saúvas criam fungos, dos quais dependem exclusivamente para se alimentar. Algumas cortam folhas e outras partes de plantas que servem de substrato para crescimento do fungo.
            Um fato interessante acontece com a saliva das saúvas ela impede o desenvolvimento de outros microorganismos que poderiam vir a prejudicar o desenvolvimento da nova colônia. Para usufruir deste fato, a saúva limpa regulamente suas patas e antenas com o auxílio das suas mandíbulas cobertas de saliva.
          E assim nos faz pensar e aprender com a lucidez e lógica da natureza, onde pequeninos insetos nos dão uma verdadeira aula de organização, integração, harmonia e equilíbrio no eco sistema. Uma estrita organização social e a efetividade de vida.
 
  
Kátia Alves da Silva
Bióloga Pós-Graduada em Gestão Ambiental
 

MAIS NOTÍCIAS
22/10/2014Consulta ou retorno ? Cândido Ocampo
12/08/2014Seguradoras e seus formulários -Cândido Ocampo
06/05/2014Ofensa escusável
10/04/2014É ético prometer a cura ? Cândido Ocampo
11/03/2014O Código de Ética Médica e o consentimento continuado
13/02/2014A consulta e as operadores de planos de saúde
14/08/2013Auditoria no novo Código
26/07/2013Desagravo profissional
05/07/2013Jornada e produção médicas
21/06/2013Alta hospitalar
22/04/2013Diagnóstico preditivo no novo Código
26/03/2013Escusa moral
11/03/2013Hospital: hipoteca social
02/03/2013Biogenética
04/02/2013Disponibilidade obstétrica
28/01/2013Cardiologia intervencionista
28/01/2013Testamento vital (II)
21/01/2013Testamento vital (I)
11/01/2013Formulário de seguradoras
11/01/2013Formulário de seguradoras
15/06/2012Diagnóstico de anencefalia
12/05/2012Receita médica legível
05/05/2012Cota racial: a oficialização do preconceito
20/04/2012Ancenfalia: venceu a razão
13/04/2012Prazo para consulta
08/03/2012Proteção da medicina (II)
02/03/2012 Proteção da medicina (I)
24/02/2012Legista no interior
24/02/2012Legista no interior
10/02/2012Porque o plantão de sobreaviso
03/02/2012Plantão
16/12/2011O assistente e o plantonista à distância
02/12/2011Relação médico-paciente
25/11/2011Abortamento de anencéfalo
18/11/2011Estagiário de Medicina
11/11/2011Formulário de seguro
21/10/2011Biogenética
08/10/2011Requisições de prontuário
22/09/2011Nomeação de perito
29/08/2011Contradição federal
09/08/2011Consulta médica
09/08/2011Consulta médica
09/08/2011Consulta médica
15/04/2011Medicina alternativa
08/04/2011Cardiologia intervencionista
01/04/2011Prescrição de órteses e próteses
25/03/2011Lentes de contato
18/03/2011Médico perito
12/03/2011Obrigação e resultado
08/03/2011Perda de uma chance
25/02/2011Atendimento pré-hospitalar
18/02/2011Transporte inter-hospitalar
11/02/2011Retorno de consulta
19/12/2010Infecção hospitalar
11/12/2010Consentimento continuado
03/12/2010Medicina preventiva
26/11/2010Erro profissional
19/11/2010Renúncia à assistência
16/11/2010Natureza obrigacional do anestesiologista
05/11/2010Autonomia do anestesiologista
29/10/2010Perda de uma chance
24/10/2010Interiorização da medicina
15/10/2010Honorários médicos
08/10/2010Diretoria técnica e clínica
24/09/2010Telemedicina
20/09/2010CRF realiza encontro de sucesso em Ariquemes
16/09/2010Desagravo público
11/09/2010Curso sobre prevenção às drogas será em outubro
10/09/2010Caução Hospitalar
03/09/2010Ato médico
28/08/2010Produção médica
16/08/2010Teoria do risco
06/08/2010Medicina preditiva
22/07/2010VEJA O QUE ACONTECE HOJE NAS NOVELAS
07/07/2010Formigas (I)
01/07/2010Espionagem usa técnica avançada para enviar mensagem
26/04/2010Fraco Ibope de Gugu causa crise na Record
05/04/2010Pronto socorro e Pronto Atendimento


WWW.SUASNOTICIAS.COM.BR
© 2010 - Todos os direitos reservados a SUASNOTICIAS