Um avião sumiu no aeroporto de Cumbica. O Airbus A300, com dimensões colossais, desapareceu do sítio aeroportuário mais movimentado da América Latina. A aeronave da antiga Vasp estava no pátio de Guarulhos e, há cerca de três anos, foi arrematada em um leilão promovido pelo Conselho Nacional de Justiça. Ao longo deste período, o avião teve diversas peças roubadas e chegou a ser pichado, tudo isto na área de segurança de Cumbica.

 

 

A suspeita é que os itens subtraídos tenham como rumo o mercado clandestino da aviação. Fernandez aponta que o sumiço do gigantesco avião da Vasp intriga a todos e tem medo que o seu tenha o mesmo destino: “Não tenho como garantir, pode ser abduzido também. Já levaram um, do tamanho de um Airbus e levaram outro menor. Eu acredito que é um mistério a ser identificado. O problema é que eu tenho certeza absoluta que as peças subtraídas alimentam o mercado clandestino de peças roubadas e o Aeroporto Internacional de Guarulhos sabe disso e não toma previdências”.

A Jovem Pan entrou em contato com a GRU Airport, concessionária que administra Cumbica, para saber o que houve com a aeronave, mas não obteve resposta. O fato é que um avião simplesmente sumiu no maior aeroporto da América do Sul.

Reportagem: Daniel Lian