cine beatriz

A aniversariante Beatriz Segall e os convidados José Serra, Costanza Pascolato e Fernando Henrique Cardoso Créditos: Bruna Guerra

A noite dessa sexta-feira não começou como outra qualquer e o motivo foi dos mais nobres: o jantar de aniversário da atriz Beatriz Segall, que celebrou 90 anos ao lado de amigos e família no Jardim Guedala, em São Paulo. A homenagem foi orquestrada pelos três filhos de Beatriz, Sergio Segall, Mario Lasar Segall e Paulo Segall. Marcado para as 20 h, o jantar informal começou pontualmente e, entre os convidados, estava o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos primeiros a chegar. Posou para fotos sozinho e ao lado da aniversariante, tirou selfies e se instalou em uma antessala próxima à escada de entrada.
FHC passou recentemente por uma operação para colocar um marco-passo, o que ocasionou no cancelamento de compromissos pessoais e até na recusa do convite para a abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Porém, nada o impediu de tomar dois copos de whisky com gelo e se fartar das entradas servidas na noite – não dispensava uma quiche de queijo gruyère, mel e nozes sequer. Quem também marcou presença foi o atual Ministro das Relações Internacionais, José Serra, que entre uma foto e outra conversava ao pé do ouvido com Beatriz, e não deixava o celular em paz, fazendo e recebendo ligações durante toda a recepção. “Que noite linda, quantos amigos, não poderia deixar de estar aqui”, dizia aos familiares da anfitriã.

Com música ambiente e temperatura beirando os 11 graus, a noite foi regada a 48 garrafas de bebidas, sendo 24 do vinho tinto chileno Toro de Piedra e 24 de Cava Freixenet Negro. A lareira acessa aquecia os 100 convidados da noite e a parte externa da casa ganhou aquecedores e cobertura especial. Para começar, o Buffet Charlô servia canapés com minicaprese no palito, croquetinhos de carne com molho de mostarda, creme de mandioquinha e minicarpaccio de carne com parmesão. A ilha de entradas, toda montada com souplat e rechauds de cobre, mantinha à disposição caldos, pães e torradas, salada de grãos, brie quente com pistaches e mel, terrine de figo com presunto cru, polenta mole e tian de roastbeef ao pesto. Para o jantar, foi servido arroz de pato e ravioli de brie e pera ao molho de manteiga e amêndoas.

A aniversariante, por volta das 22 horas, estava cercada de amigos como Marcos Caruso, Celso Lafer e José Possi Neto em uma das poltronas da casa, bebericava água e manteve o tom da conversa no nível mais baixo. Para a sobremesa, escolheu cheesecake de frutas vermelhas, suflê de chocolate com creme inglês e frutas da estação – para os mais comedidos. O bolo de aniversário, que não poderia faltar, não passou despercebido: nozes com baba de moça. Não pedir uma segunda fatia era um crime. Pouco antes da meia-noite, a casa voltava ao normal e Beatriz, firme e forte, seguia afiada. “Estou mais viva que nunca, mais enérgica e disposta, não poderia estar mais feliz”, dizia. Uma noite memorável. Parabéns! (Por Matheus Evangelista)