Suas Notícias
ÍNDICE


COLUNISTAS
Jussara Gottlieb
Social
Cândido Ocampo
Auditoria no novo Código
Kátia Alves
Pragas urbanas
Wilson Santos
Trânsito Brasil
Marcelinho
Blog do Marcelinho
Pedro Marinho
Blog do Pedro Marinho
Katia Alves
Publicada em 25/08/2010 às 13h47
Afogamento

             Praias, piscinas e rios são agradáveis alternativas para mesclar momentos de diversão com o alívio de se refrescar, já que estamos na estação mais quente do ano. Nada mais justo, depois de meses em que a temperatura oscila entre chuva e o clima ameno. Neste período mais alegre do ano, as crianças curtem os banhos de rios, igarapés e piscinas. Deixá-las aproveitar é extremamente saudável e divertido, mas é preciso lembrar que criança na água requer atenção especial para evitar riscos de acidentes e afogamentos.
                Segundo dados do Ministério da Saúde, a principal causa de mortes e seqüelas na faixa etária de zero a quatorze anos, são os acidentes não intencionais, como afogamento e sufocamento. Os afogamentos geralmente acontecem em banheiras, tanques, piscinas, poços, bacias e até mesmo em baldes d'água. Até um ano de idade é fundamental não deixar a criança sozinha, quando a criança começa a crescer, a atenção tem que ser redobrada, pois a atração pela água só aumenta. "O afogamento pode acontecer mesmo em pequenas quantidades de água. As bóias continuam sendo as melhores amigas das crianças na hora da diversão aquática. Cada vez mais práticas, os modelos variam e se ajustam ao tamanho e ao peso da criança. "Bóias estilo colete salva-vidas são mais confiáveis porque não saem do corpo com facilidade. Mas, se os pais optarem por usar bóias redondas infláveis, é aconselhável usar aquelas de bracinho também, porque se uma escorregar, a outra protege. Quando a pessoa se afoga é provável que a água entre nos pulmões, limitando a entrada de ar. Ainda, neste momento, é possível que os músculos da garganta se contraiam involuntária e convulsivamente, ocorrendo o chamado afogamento seco. Tanto uma situação como a outra podem levar à morte por asfixia. Por isso, a medida mais urgente é introduzir ar nos pulmões da vítima por meio da respiração boca-a-boca.       Todas as vítimas de afogamento devem ser levadas ao hospital, mesmo que pareçam totalmente recuperadas, pois podem surgir complicações pulmonares mais tarde. É importante ainda mantê-la aquecida enquanto espera pelo socorro médico, cobrindo-a com toalhas secas e, se possível, retirando sua roupa molhada. Prevenir ainda é a melhor solução para passar as férias de verão sem problemas e chateações. Por isso, a atenção com os pequenos deve ser redobrada quando tiver água por perto e eles devem ser sempre avisados sobre os riscos que correm quando vão para a água sem cuidados prévios.
                    Passo a passo da respiração boca a boca
      Incline a cabeça da vitima para trás e aperte suas narinas. Abra bem a boca da vitima e ajuste seus lábios aos dela. Inspire profundamente e, olhando para o peito da vitima, insufle ar até sentir o tórax se expandir. Afaste a sua boca, expire excesso de ar e observe o tórax da vitima se esvaziar. Inspire de novo e repita a operação ate a vitima voltar a respirar normalmente.  As duas primeiras insuflação de ar devem ser feitas lentamente para permitir uma boa expansão do tórax e diminuir a possibilidade de distensão do estomago. 
     Kátia Alves da Silva é Bióloga e Pós-Graduada em Gestão Ambiental

MAIS NOTÍCIAS
04/04/2014Doenças relacionadas às enchentes
01/04/2014Doenças relacionadas as enchentes - Kátia Alves
06/08/2013Pragas urbanas
01/04/2013Morcegos
12/09/2012Carbono
02/09/2012Dia do Biólogo
14/08/2012Sanguessugas
19/07/2012Baba de caracol
11/11/2011Leptospirose
14/10/2011Biossegurança
29/07/2011Árvore, carvalho
24/06/2011Efeito estufa
06/06/2011Meio ambiente
06/06/2011Meio ambiente
06/06/2011Meio ambiente
04/06/2011Libélula
19/05/2011Limão
13/05/2011Enfermeiro
25/04/2011As minhocas
13/04/2011Leptospirose
06/04/2011Cigarro, o vilão
23/03/2011De remédio a veneno
15/03/2011Aranha Caranguejeira
08/03/2011Perigo em ambiente climatizado
22/02/2011Biodiversidade ameaçada
15/02/2011Cimento e poluição
02/02/2011Chuva ácida
17/01/2011Chuvas e doenças
06/01/2011Sucuri
28/12/2010FcAwuDFeywqV
17/12/2010Aranha Caranguejeira
08/12/2010Chuva ácida
22/11/2010Os jovens e as drogas
11/11/2010Poluição dos rios
09/11/2010Ibama fiscaliza madeireira no distrito do Pacarana
03/11/2010Resíduo hospitalar
28/10/2010O Carrapato
20/10/2010Insuficiência renal e hemodiálise
13/10/2010Árvores do Brasil
04/10/2010Chuva ácida
23/09/2010Mosca
15/09/2010Plantas medicinais
08/09/2010Polinização
31/08/2010Profissão biólogo
25/08/2010Afogamento
20/08/2010Queimadas e poluição
10/08/2010Água de lastro
27/07/2010Desenvolvimento Sustentável
21/07/2010Samaúma
14/07/2010Cobra peçonhenta e não peçonhenta
07/07/2010Formigas (I)
07/07/2010Formigas (I)
29/06/2010A Cigarra
23/06/2010As vacinas
16/06/2010Formigas
16/06/2010Formigas
16/06/2010Formigas
07/06/2010Doença de Chagas
31/05/2010Ameaça à Amazônia
24/05/2010Afogamento
18/05/2010Urubu
05/05/2010Barata
05/05/2010Barata
22/04/2010Prática esportiva ou tortura?
15/04/2010Sapo, rã e perereca
05/04/2010AGROTÓXICOS


WWW.SUASNOTICIAS.COM.BR
© 2010 - Todos os direitos reservados a SUASNOTICIAS